segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

BEIJOS ARDENTES






Paulo Silveira de Ávila

Dar um beijo...
na boca da mulher amada,
gozando deliciosas caricias
Pulsa no limite o coração,
queima o fogo-desejo e
o tesão explode a latência
de vulcão mal serenado.

É assim que se renova nosso amor
entre encantamento e sedução.
Na intimidade,
teu corpo ama o meu,
que abriga um aroma cálido de cio,
desconcertando os sentidos,
feito um louco querer.

Publicado no Recanto das Letras Código do texto: T599773



MEU MOMENTO:

Esperando por você meu amor....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário